Não é Verdade nem Mentira, é Arte

Artista plástico autografa livro e exibe documentário sobre sua vida e obra na Casa Thomas Jefferson Hall

 

Darlan Rosa | Foto Divulgação

Darlan Rosa será homenageado com a exibição do documentário Não é Verdade nem Mentira, é Arte, nesta terça-feira, 28, na Casa Thomas Jefferson Hall – 706/906 Sul. 

O artista também autografa o livro homônimo entre 18h e 21h. A projeção do filme e o encontro com Darlan celebra os 70 anos de idade e cinco décadas de Darlan em Brasília. Em ambas as obras são apresentadas a trajetória de vida e de construção da linguagem visual que marca as peças do artista plástico que espalha sua arte por Brasília e outras cidades do Brasil e do mundo.

Na capital, as esculturas de Darlan se destacam em espaços públicos, centros culturais e museus, em especial o conjunto de esferas moldadas em aço que repousam em frente ao Memorial JK e os casulos que adornam o parque com o mesmo nome no CCBB.

No livro e no documentário, Rosa mostra também trabalhos feitos por ele e guardados pela mãe em Coromandel, cidade do interior de Minas Gerais onde o artista nasceu e passou a infância. “Meu pai tinha uma fábrica de ladrilhos e minha formação foi feita com desenhos desse material para decoração de túmulos e altares”, lembra.

Darlan chegou a Brasília em 1967, com 20 anos, para estudar e trabalhar. Cursou comunicação social e trabalhou como jornalista no Ministério da Educação, foi professor de Comunicação Visual do UniCeub e da UnB, criou o Zé Gotinha e vários personagens de campanhas nacionais e internacionais do Unicef.

A paixão pela computação gráfica surgiu quando esse recurso chegou ao mercado. Ao se aposentar, o mineiro abraçou de vez a arte, criando esculturas desenvolvidas em aço. “É o material mais reciclado no planeta. O meu desafio é fazer a maior peça possível com chapas mais finas”, revela.

Reconhecido também no exterior, Darlan Rosa tem 35 obras espalhadas em nove países, além do Brasil. Para criar as esculturas, ele usa programas de computador. Depois, as peças de aço que serão parafusadas umas às outras, são produzidas em empresas que cortam o material a laser. O artista conta parte do processo e outras histórias no livro e no documentário.

Também no dia 28 de novembro, a designer Anaprosa lança uma coleção de joias e objetos em homenagem aos 70 anos de Darlan, além de uma série de cartões de natal inspirados na obra do artista plástico. Imperdível! 

PROGRAME-SE

  • Lançamento de filme e livro: Não é Verdade nem Mentira, é Arte
  • Quando: 28 de novembro, de 18h as 21h
  • Local: Casa Thomas Jefferson Hall – SEP 706/906 Sul
  • Entrada livre e gratuita
  • Mais informações para o públicohttp://thomas.org.br/eventos/

 

Deixe uma resposta